Agetop divulga condições das rodovias goianas para o Carnaval

A Agência Goiana de Transportes e Obras, a fim de garantir um percurso tranquilo e seguro aos usuários das rodovias estaduais, trabalha com serviços de conservação nos trechos que integram as rotas turísticas do Estado. Motoristas poderão se deparar com equipes do programa Rodovida Manutenção executando obras no feriado. É o trabalho de plantão da Agetop, que segue com serviços que garantem trafegabilidade, como tapa-buracos, roçagem e drenagem.

A Agetop alerta os motoristas para o aumento do fluxo de veículos nas rodovias. Os condutores devem redobrar a atenção ao dirigir, mantendo sempre a velocidade permitida e obedecendo à sinalização. Em alguns trechos, as obras rodoviárias estão paralisadas devido ao período chuvoso. Nestes segmentos são necessários cuidados especiais dos usuários devido a máquinas e equipamentos na pista.

Condições das rodovias estaduais nas rotas de acesso aos principais pontos turísticos de Goiás:
* Cidade de Goiás (131 km) e Aruanã (312 km)
Pegar a GO-070, no sentido cidade de Goiás. Na cidade, acessar a GO-164, passar por Faina e chegar a Araguapaz. De Araguapaz, pegar a rodovia GO-530 até Aruanã.
Situação:
– Goiânia-Itauçu: trecho ótimo (pista dupla);
– Inhumas-Itaberaí-Trevo de Mossâmedes: trecho bom (obras de duplicação);
– Trevo de Mossâmedes-cidade de Goiás: trecho bom;
– cidade de Goiás-Araguapaz: trecho ótimo;
– Araguapaz-Aruanã: trecho ótimo, reconstruído.

* Caldas Novas (165 km) e Rio Quente (175 Km)
Sair pela GO-020 até Bela Vista. Após sete quilômetros, pegar a GO-147, passar por Piracanjuba e seguir até Morrinhos. Na cidade acessar a GO-213. Nessa rodovia, caso queira seguir para Rio Quente, percorrer cerca de 30 quilômetros e pegar a GO-510 até o destino. Caso queira seguir sentido Caldas Novas, continuar na GO-213.
Situação:
– Goiânia-Bela Vista: trecho bom (obras de duplicação);
– Bela Vista-Piracanjuba: trecho ótimo, reconstruído;
– Piracanjuba-GO-213: trecho bom;
– GO-213-Caldas Novas: trecho bom (obras de duplicação);
– GO-213-Rio Quente: trecho bom.

* Aragarças (398 km)
Saída pela GO-060 até Piranhas. Na cidade pegar a BR-158, passar por Bom Jardim de Goiás, até Aragarças.
Situação:
– Goiânia-Firminópolis: trecho ótimo (reconstruído, pista dupla até Trindade);
– Firminópolis-São Luís de Montes Belos: trecho bom;
– São Luís de Montes Belos-Iporá: trecho bom;
– Iporá-Piranhas: trecho bom.

* Buriti Alegre (178 km)
Saída pela BR-153 em direção a Morrinhos. Ainda na BR-153, após 15 quilômetros de Morrinhos, pegar a GO-419 até Buriti Alegre. Outra opção é continuar pela BR-153 e, após sete quilômetros de Goiatuba, pegar a GO-210 até Buriti Alegre.
Situação:
– Buriti Alegre: os dois roteiros mencionados apresentam boas condições.

* Jaraguá (97 Km) e Minaçu/Barragem Serra da Mesa (487 km)
Saída pela GO-080. Passar por Nerópolis em sentido a São Francisco de Goiás. Após São Francisco, pegar a BR-153 até Jaraguá. Para os que desejam ir para Minaçu, seguir pela BR até Santa Tereza de Goiás. Em Santa Tereza, pegar a GO-241 e seguir para Minaçu. Para os que possuem como destino a Barragem Serra da Mesa, na cidade de Minaçu pegar o acesso à Barragem.
Situação:
– Goiânia-Nerópolis: trecho bom (pista dupla);
– Nerópolis-Petrolina—São Francisco de Goiás-BR-153: trecho ótimo que requer atenção (obras de duplicação);
– Santa Tereza de Goiás-Campinaçu-Minaçu: trecho ótimo, reconstruído.

* Pirenópolis (118 km)
Saída pela BR-060 até Anápolis. Em Anápolis, seguir pela BR-414 em direção a Planalmira. No distrito, pegar a GO-338, até Pirenópolis.
Situação:
– BR-414-Pirenópolis: trecho bom.

* Alto Paraíso (425 km) e Cavalcante (558 km)
Saída de Goiânia pela BR-060 em direção a Anápolis. No município, prosseguir até Brasília. Em Brasília, seguir na direção de Planaltina pelas GOs 534/430 e pegar a GO-118 no sentido de Alto Paraíso de Goiás. Caso o destino seja Cavalcante, continuar na rodovia até Teresina de Goiás e pegar a GO-241, até chegar ao destino.
Situação:
– Divisa GO-DF-São João D’Aliança: trecho ótimo, reconstruído;
– São João D’Aliança-Alto Paraíso: trecho ótimo, reconstruído;
– Alto Paraíso de Goiás-Teresina de Goiás: trecho ótimo, reconstruído;
– Teresina de Goiás -Cavalcante: trecho bom.

* Três Ranchos (292 km)
Sair pela rodovia GO-020 e passar por Bela Vista até Pires do Rio. Nesta cidade, pegar a GO-330 até Três Ranchos.
Situação:
– Goiânia-Bela Vista: trecho bom, que requer cuidados (obras de duplicação);
– Bela Vista-Pires do Rio: trecho bom;
– Pires do Rio-Três Ranchos: trecho bom.

* Goianésia (198 Km)
Pegar a GO-080 até a BR-153 no sentido de Jaraguá. Nesta cidade, pegar a GO-080 até Goianésia.
Situação:
– Goiânia-Nerópolis: trecho ótimo (pista dupla);
– Nerópolis-Petrolina-BR-153: trecho ótimo, que requer cuidados (obras de duplicação);
– Entroncamento BR-153-Jaraguá-Goianésia – trecho ótimo (com relação à rodovia estadual) .

* Salto de Itiquira (316 km)
Saída pela BR-060 até Anápolis. Em Anápolis, prosseguir na BR-060 até Brasília. Seguir para Formosa na BR-020 e, na cidade, pegar a GO-116 até Salto de Itiquira.
Situação:
-Formosa-Salto do Itiquira: trecho ótimo, reconstruído.

* São Simão (415 km)
Saída pela BR-060 até Rio Verde. Em Rio Verde, pegar a BR-452. Em seguida pegar a GO-164 (Quirinópolis) e seguir até Paranaiguara. Nesta cidade, acessar a BR-364 até chegar em São Simão.
Situação:
– GO-164-Quirinópolis: trecho bom;
– Quirinópolis-Paranaiguara: trecho bom;

* Lagoa Santa (420 km)
Sair pela BR-060 até Rio Verde. Na cidade, seguir pela GO-174 e posteriormente pegar a GO-422 até Aparecida do Rio Doce. Nesta cidade à esquerda, entrar na BR-364, para em seguida, acessar a GO-206 (Caçu). Nesta rodovia seguir por Caçu, Itarumã e Itajá até Lagoa Santa.
Situação:
– GO-174 e GO-422 (Aparecida do Rio Doce): trecho bom;
– BR-364/GO-206 (Caçu) até Itajá: trecho regular (com relação à rodovia estadual);
– Itajá-Lagoa Santa: trecho ótimo, reconstruído.

* Chapadão do Céu/ Parque Nacional das Emas (470 km)
Pegar a BR-060 até Jataí, em seguida pegar a GO-184 com sentido a Serranópolis e Itumirim. Na cidade, pegar a GO-206 até Chapadão do Céu. Continuar na GO-206 até o Parque.
Situação:
– BR-364-Serranópolis-Itumirim: trecho regular (com relação à rodovia estadual);
– Itumirim-Chapadão do Céu: trecho ótimo;
– Chapadão do Céu-Parque Nacional das Emas: trecho bom (não pavimentado).

*Paraúna/ Parque Estadual de Paraúna (159 km)
Pegar a GO-060 até Firminópolis. Depois virar à esquerda e pegar a GO-164 no sentido de Paraúna. Na cidade, acessar a GO-050 para, em seguida, pegar a GO-411 virar à direita indo até o Parque Estadual de Paraúna.
Situação:
– Goiânia–Firminópolis: trecho ótimo, reconstruído;
– Firminópolis–Paraúna: trecho ótimo reconstruído;
– Paraúna-GO-411: trecho bom;
– GO-411-Parque Estadual de Paraúna: trecho regular (não pavimentado).

* Caiapônia (345 km)
Pegar a GO-060 de Goiânia até Iporá. Nesta cidade pegar a GO-221 até Caiapônia.
Situação:
– Goiânia-São Luís de Montes Belos: trecho ótimo, reconstruído;
– São Luís dos Montes Belos- Iporá: trecho bom;
– Iporá -Caiapônia: trecho bom.

* Parque Estadual de Terra Ronca (600 km)
Pegar a BR-060 até Brasília. Acessar a BR-020, passar por Alvorada do Norte até Posse. Entrar na GO-108 e seguir até Guarani de Goiás. Na cidade seguir até o Parque.
Situação:
– BR-020-Guarani de Goiás: trecho bom;
– Guarani de Goiás- Parque Estadual de Terra Ronca: trecho regular (não pavimentado).

* Bandeirantes (460 km)
Sair de Goiânia pela GO-070 até a Cidade de Goiás. Em seguida, pegar a GO-164 em direção a Faina. Após Nova Crixás, seguir cerca de 20 quilômetros e pegar a GO-239 até Bandeirantes.
Situação:
– Goiânia- Itauçu: trecho ótimo (pista dupla);
– Itauçu – Itaberaí – Trevo de Mossâmedes: trecho bom (obras de duplicação);
– Trevo de Mossâmedes – cidade de Goiás: trecho bom;
– Cidade de Goiás- Mozarlândia-GO-239: trecho bom;
– GO-164-Bandeirantes: trecho regular (obras de pavimentação).

Fonte: http://www.goiasagora.go.gov.br/

Homem é atropelado por veículo próximo ao setor Nova Mozarlândia

Mais uma vítima de atropelamento na principal avenida que liga o trevo ao centro da cidade de Mozarlândia. O acidente ocorreu hoje (02/02/2015) por volta das 19hrs. Dessa vez a vítima foi um senhor de aproximadamente 40 anos (nome não identificado) que estava atravessando a avenida de bicicleta, quando um Polo cinza de placa não identificada, veio em alta velocidade atingindo o senhor.

Na foto enviada pelo aplicativo Whatsapp é possível ver a violência da batida, que deixou o vidro do para-brisa do lado do condutor totalmente estilhaçado.

Segundo informações o senhor foi atendido no hospital da cidade e encaminhado para Goiânia.

A população dos três setores se pergunta, quando os governantes (vereadores e prefeito) vão parar de se preocupar com mídia e publicidade e tomar ações que dê segurança à população que mora nos setores Nova Mozarlândia ( I e II) e setor Jaçanã, que todos os dias transitam por essa avenida da morte.

Editado em: 02/02/2015 – 23:47hr

Jovem morre após sofre acidente de jet-ski em Mozarlândia.

O jovem Felipe Araújo Silva de 21 anos, morreu hoje (15/01/2015) afogado em um lago na fazenda Eldorado entre os município de Mozarlândia e Novas Críxas. Segundo informações, Felipe que era mecânico, estava mais um amigo de trabalho realizando uma manutenção eu seu jet-ski, comprado recentemente, quando o próprio foi realizar uma manobra arriscada e veio a cair do veículo.

Seu amigo ao ver o incidente, logo perguntou se estava tudo bem, Felipe respondeu que sim, mais segundos depois chamou pelo amigo pedindo socorro, que ao tentar socorre-lo, já era tarde. Felipe já estava submerso no lago.

O Corpo de bombeiro foi acionado rapidamente e as buscas pelo corpo de Felipe ultrapassou a madrugada, sendo encontrado somente hoje (16/01/2015) por volta das 9 hora.

A irmã de Felipe, postou nas redes sociais a seguinte mensagem: “O meu pai daí me forças nesse momento’ luto eterno’ te amo irmão !”

Amigos de Felipe estão a todo momento deixando mensagem de apoio aos familiares nas redes sociais.

Matéria editada: 16/01/2015 – 9:30hr

Av. Presidente Getulio Vagas alagada em Mozarlândia.

Bastou uma hora e meia de chuva ontem (11/12/2014) por volta do horário de almoço para a principal avenida da cidade ficar completamente alagada.

Todo ano é a mesma coisa, pois a causa desse problema está na falta de infraestrutura adequada, como bocas de lobos para vasão da água da chuva. Com isso os resíduos (Papel, Plástico, Latas e óleo) Percorrem todas as ruas da cidade e vão para nos córregos entornos da cidade.

Os prejuízos não param por ai, pois devido a camada de asfalto na entrada da cidade não ser de boa qualidade, a força da água acaba destruído boa parte da estrutura, além de deixar buracos enormes, com isso os motoristas sofrem também.

Outro problema são os pedestres, pois muitos se arriscam na travessia e encaram as fortes correntezas capazes de carregar uma pessoa adulta.

O fato foi registrado e enviado por wathsapp por um cidadão.

Período chuvoso causam prejuízo aos pequenos comerciantes em Mozarlândia

Após uma longa espera pelo período chuvoso, os pequenos comerciantes de Mozarlândia sofrem com os transtornos de imensas possas de água que ficam paradas nas portas das lojas, com isso os clientes que chegam de bicicletas, motos, carros ou até mesmo a pé, acabam não conseguindo chegar até a calçada. Os prejuízos financeiros são incalculáveis, pois muitos acabam desistindo de entrar no estabelecimentos.

A foto acima foi tirada por um desses pequenos comerciantes na Av. Presidente Getúlio Vagas no centro da cidade. Aproximadamente à um ano e meio a prefeitura recuperou uma peque parte da rua, no sentindo contrario somente em frente aos grandes comércios da cidade.

A população está revoltada pelos grandes buracos que surgem na rua que também causam grandes prejuízos aos condutores de veículos.

 

Pequenos comerciantes sofrem com possas de água Mozarlândia

Médico da cidade de Mozarlândia morre em acidente trágico.

Arnaldo Justino Batista morava por mais de vinte anos na cidade de Mozarlândia o qual contribuiu e muito para a população. Atencioso, dedicado e de um coração imenso ele deixou seu legado demonstrando que é possível ser um profissional responsável com pouco recurso.

Dr. Arnaldo estava separado e era pai de duas filhas e ultimamente estava morando sozinho na cidade, onde trabalhava no hospital Municipal e em uma empresa frigorifica que possui mais de dois mil funcionários.

Recentemente doutor Arnaldo como era conhecido e chamado, perdeu seu pai que foi enterrado em uma cidade de Minas Gerais onde sua família reside.

Segundo testemunhas, hoje (01/11/2014) após um longo plantão de trabalho ele passou em uma panificadora da cidade, tomou um reforçado café da manhã e seguiu viagem para passar o dia de finados com seus familiares em Minas Gerais. Entre o trecho da cidade Fainã e Goiás Velho o veículo em que estava se chocou com um caminhão carregado com equipamentos agrícolas.

A colisão foi tão forte, que o caminhão ficou com todas as rodas para cima de forma a ocupando toda a pista. A causa do acidente não foi divulgada, mais a polícia suspeita que o Doutor Arnaldo tenha dormido ao volante.

A população de Mozarlândia ficou completamente chocada com a perda desse grande homem e profissional e a todo momento estão postando várias mensagens de apoio a seus familiares nas redes sociais.

 

Foto: Enviado por Whatsapp

Foto: Enviado por Whatsapp

Foto: Enviado por Whatsapp

Foto: Enviado por Whatsapp

 


Mensagem_Doutor_Arnaldo

 

Acidente na GO 164 no trevo de Íteberai.

Um veículo gol modelo G4 perdeu o controle na entrada da cidade de Itaberaí (Sentido Capital à Itaberaí) o qual ficou completamente destruído. O acidente ocorreu por voltas das 21:20hr de domingo. A polícia militar esteve no local e controlou o transito de veículos.

Não se sabe os números de vítimas, pois quando nossa equipe chegou no local do acidente, a equipe do SAMU já havia realizados o atendimento e retiradas das vítimas.

De acordo com PRE, o movimento nas estradas foi maior que no 1º turno das eleições, isso devido ao feriado do aniversário de Goiânia. Segundo o sargento, somente um acidente foi registrado até as 16hr desse domingo.

A PRE também pede atenção principalmente nos trechos em duplicação entre Inhumas e Itaberaí, devido as obras de duplicação da Go.

Animais soltos na GO. 164 causa acidentes graves próximo a Mozarlândia.

Os dois acidentes ocorreram na madrugada do dia 19 para o dia 20/10/2014, onde dois veículos se chocaram com animais que já estavam mortos na rodovia. Segundo informações, um caminhão não identificado atropelou três destes animais o qual ficaram na pista. Após o ocorrido o motorista do caminhão deixou o local, mais os animais não foram retirados.

Em seguida dois veículos não conseguiram ver os animais morto na pista e acabaram se chocando com os mesmo. Em nenhum dos veículos tiveram vítimas fatais, mais todos foram encaminhados pela SAMU para hospital Municipal de Mozarlândia para exames médicos.

Esse já é o terceiro acidente envolvendo animais soltos na GO-164 em menos de 15 dias.

Deixar animais soltos na pista é crime e quem responde é o proprietário do animal que pode ser enquadrado no artigo 132 do Código Cívil que é expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e imediante.

Ele também pode ser enquadrado no artigo 31 do Código Penal por “deixar em liberdade, confiar a guarda a pessoa inexperiente ou não guardar com a devida cautela animal perigoso”.

Animais soltos na Go164 Mozarlândia Animais soltos na Go164 Mozarlândia Animais soltos na Go164 Mozarlândia

 

Acidente deixa três mortos na entrada da cidade de Mozarlândia

O acidente ocorreu hoje (19/10/2014) por volta da cinco horas da manhã entre um veículo Gol e um Honda Civic.

Segundo testemunhas que estavam no local o veículo Gol estava no sentido trevo Go-164 para centro da cidade, quando perdeu a direção e  invadiu a pista no sentido contrário chocando de frente com o veículo Honda Civic.

Das três pessoas que estava no veículo Gol, nenhuma estava usando o cinto de segurança e morreram no momento da colisão, já os dois integrantes do veículo Honda Civic tiveram ferimentos leves, isso devido aos acessórios de segurança (AirBag).

Próximo ao veículo Gol foi encontrados diversas latas de cervejas que deixam a suspeita do condutor estar embrigado. Com isso sobra apenas o registro de mais esse acidente para somar e aumentar ainda mais as estáticas entre álcool e direção com vítimas fatais. A grande deficiência do nosso município que também contribui para o aumento dessas estatísticas de acidentes, pois não há nem programa educativo ou ações de fiscalizações que reprimi o tal ato de dirigir embriagado, outro ponto é a falta de redutores de velocidade na principal avenida que da acesso ao centro da cidade.

A avenida já está sendo apelidada de “avenida da morte“.

Obs: Em respeito aos famílias, não iremos divulgar nomes.

 

 

Facebook
Facebook
Google+
http://agitamozar.net/category/transito/page/7
Instagram
Whatsapp
www.000webhost.com