O colegiado do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM) aprovou, em sessão plenária realizada nesta quarta-feira (20), o envio de ofício ao secretário municipal da Fazenda, oferecendo recursos orçamentários sem previsão de utilização em 2017 no valor de R$ 40 milhões. No documento aprovado, os conselheiros do órgão destinaram o valor à área da Saúde, especificamente ao Hospital Municipal de Parelheiros.

A proposta de devolução de recursos havia sido anunciada pelo presidente do TCM, Roberto Braguim, ao prefeito João Doria, durante reunião realizada no dia 12 de setembro na sede do Executivo municipal. Na ocasião, o presidente informou ainda que o Tribunal, sensível à progressiva desaceleração da economia brasileira nos últimos tempos, conseguiu uma redução de cerca de R$ 50 milhões na proposta orçamentária da instituição para o ano de 2018. Portanto, o esforço do órgão alcançou uma economia total da ordem de R$ 90 milhões.

Para atender à solicitação de diminuição de despesas feita pelo colegiado do órgão, o grupo de planejamento constituído no âmbito do TCM com a finalidade de elaborar a peça do orçamento para o próximo ano realizou diferentes análises e diagnósticos.

A proposta orçamentária encaminhada pelo TCM ao Executivo para o exercício de 2018 totaliza cerca de R$ 290 milhões.

Fonte: R7