Dois homens foram presos em Araguapaz, a 244 km de Goiânia, suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubo a banco. Segundo a Polícia Militar, a quadrilha estava planejando mais uma ação.

Francisco de Morais, conhecido como “Batata”, e Wesley Silva Barros, o “Cabeça”, foram presos depois de serem abordados pelo Batalhão de Policia Militar Rodoviária e não portarem documentação.  De acordo com a Polícia Militar (PM), foi solicitado o apoio do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer), que ajudou na identificação dos suspeitos.

Os dois suspeitos, oriundos do Pará e Maranhão, teriam confessado à polícia que estavam em Mozarlândia, a 300 km de Goiânia, observando a rotina do gerente da agência de um banco da cidade. O banco seria o próximo alvo da ação da quadrilha.

“Cabeça” teria dito ainda à polícia que havia um mandado de prisão contra ele no Maranhão. Ele é suspeito, segundo a polícia, de ter feito parte de ações criminosas em Goianésia, Rubiataba e Itaberaí.

roubabanco1roubabanco

 

Géssica Veloso, estagiária do Programa de Estágio Curricular Obrigatório do Grupo Jaime Câmara em convênio com a PUC-Goiás.

Fonte (texto): opopular.com.br

Foto: canalgama.com.br