#‎Mozarlândia‬, ‪#‎Araguapaz‬, ‪#‎Fainã‬, ‪#‎NovaCrixás‬, ‪#‎Aruanã‬, ‪#‎Goiânia‬, ‪#‎Rubiataba‬, ‪#‎Jussara‬ ‪#‎BritâniaGo‬, ‪#‎CeresGo‬, ‪#‎CidadedeGoías‬, ‪#‎portalagitamozar‬, ‪#‎agitamozar

Fonte: BrasilPost

Alessandro da Silva é conhecido como “Gigante” e nesta segunda-feira (12) ele fez jus ao apelido. O atleta paralímpico conquistou mais um ouro para o Brasil no lançamento de disco na Paralimpíada. No total, o País já tem 8 ouros.

Com 1,90m e 126kg, o paulista de 32 anos superou todas as expectativas e quebrou recorde paralímpico da prova com a marca de 43,06m no Engenhão. A medalha de prata ficou com o italiano Oney Tapia, com 40,89m. Já o espanhol David Casinos Sierra foi bronze com 38,58m.

#Atletismo É CAMPEÃO!! Alessandro Silva conquistou o #Ouro no lançamento de disco F11!! Comemora porque você merece! pic.twitter.com/f4cbbV6Vai

— snap: cpboficial (@cpboficial) 12 de setembro de 2016

Em entrevista ao Globo Esporte, o atleta cego não escondeu a emoção:

“É inexplicável. Além do ouro, foi recorde paralímpico. Ganha quem erra menos. Errei menos e fui feliz. Tinha uma pressão [por ser líder do ranking mundial]. Sabia que os adversários iam vir com tudo. Vim para fazer meu melhor, e a medalha era consequência.”

O Brasil está na 5ª colocação do quadro de medalhas, com um total de 33 pódios.