Categoria: Redes Sociais

Câmera Record: menina é abusada por comida na cidade mais pobre

Melgaço fica bem isolada, a 16 horas de barco da capital Belém. É considerada pela Fundação Getulio Vargas a cidade mais pobre do Brasil. O IBGE afirma que quase a metade dos 27 mil habitantes é extremamente pobre. E mais de 25 mil não têm emprego. No segundo episódio da websérie (assista aqui ao primeiro), mostramos como a imensa maioria vive sem água potável, sem luz elétrica e sem saneamento básico. O hospital mais próximo fica a duas horas de barco. Mas a situação mais grave afeta as meninas, filhas de ribeirinhos.  Elas são exploradas de todas as maneiras, em troca de comida. A reportagem teve acesso a imagens e dossiê exclusivos sobre a violência contra a criança e o adolescente no rio Tajapuru, que corta a cidade de Melgaço. Em um dos vídeos, uma menina de 11 anos é encontrada pela polícia escondida numa balsa. No depoimento, ela confirma que já tinha subido várias vezes no barco e que mantinha relação sexual com um homem da tripulação. “Toda vez eu tinha relação com ele. Ele me dava R$ 100 e mercadoria.” “A fome, a miséria extrema, são coisas corriqueiras dentro desses rios. É o que acaba tornando essas populações vulneráveis a toda sorte de violação dos direitos”, aponta o promotor Thiago Pereira. A reportagem revela também como as chamadas “balseiras” ignoram qualquer perigo nos rios para conseguir comida....

Read More

Pensão por morte do INSS pode ser paga só por 4 meses. Saiba como

Tempo de contribuição do segurado influencia no benefício Thinkstock Pergunta da internauta Josélia Meu marido morreu e só recebi quatro meses de pensão do INSS. Está certo isso? Resposta: Depende. A duração do recebimento da pensão por morte varia conforme a idade e o tipo do beneficiário, explica a advogada especializada em Direito Previdenciário Marta Gueller. No caso do cônjuge, companheiro, ou cônjuge divorciado ou separado que recebe pensão alimentícia, as regras são as seguintes: Só recebe a pensão por quatro meses se a morte ocorrer sem que o segurado tenha realizado 18 contribuições mensais ao INSS ou se o casamento ou união estável teve início há menos de dois anos do falecimento do segurado. Se este não for o caso, a duração da pensão é variável de acordo com a idade (dados da Previdência Social): Menos de 21 anos: duração máxima do benefício de 3 anos Entre 21 e 26 anos: duração máxima do benefício de 6 anos Entre 27 e 29 anos: duração máxima do benefício de 10 anos Entre 30 e 40 anos: duração máxima do benefício de 15 anos Entre 41 e 43 anos: duração máxima do benefício de 20 anos Acima de 44 anos: vitalício Se ainda tiver mais dúvidas sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso, envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?”...

Read More

Intervenção no Rio tem que ser “pontual, curta e contundente”, diz general Heleno

Militares precisam ter poder de prisão, diz general ALESSANDRO BUZAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Primeiro comandante da Missão das Nações Unidas, no Haiti, e Comandante da Amazônia, o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira tem vasta experiência em intervenções militares e é um dos oficiais mais respeitados pela tropa, apesar de estar na reserva desde 2011.  Em entrevista à Coluna, ele disse que a intervenção federal no Rio de Janeiro precisa ser “pontual, curta e contundente”  e “em três meses já tem que mostrar resultado”, sob pena das Forças Armadas perderem credibilidade. Entende que a “população não aguenta mais a violência” e que “os bandidos perderam o respeito”. Depois de fazer vários elogios ao general Walter Braga Neto (“com certeza fará um trabalho melhor do que eu faria”), o general Heleno defendeu segurança jurídica para que os militares possam atirar nos criminosos armados. ” O ato ou intervenção hostil permite que você reaja. Você não pode ter efeitos colaterais, mas se o sujeito estiver com armas de uso exclusivo das Forças Armadas, como fuzis e pistolas ponto 50, ele deve ser alvejado, para que vidas sejam economizadas”, afirma. “Você não vai esperar o cara atirar, mas o alvo precisa ser compensador”, prossegue. Faz um alerta: “A missão não pode ser alongada e é importante o apoio do Judiciário. Se houver briguinhas, com excesso de liminares, não vai dar certo”. Para ele, o...

Read More

Mudança do clima ameaça criação de renas na terra do Papai Noel

Renas encontram dificuldade para se alimentar com o aumento da rigidez do gelo durante o inverno Flavia Mym/R7 A Lapônia, referência da maioria como a terra do Papai Noel, enfrenta efeitos sérios da mudança climática. Na região localizada no norte da Finlândia, a comunidade Sámi, único povo indígena reconhecido na Europa, sofre com os efeitos sombrios do aumento da temperatura que ameaça seu principal meio de subsistência: a criação de renas.   Do total de 75 mil Sámis, também  espalhados pela Noruega, Suécia e Rússia, os cerca de 10,5 mil indígenas originários da Lapônia dependem da natureza para viver. Além do pastoreio de renas, a pesca, a caça e o artesanato são as principais fontes de renda.  Pesquisas locais e internacionais confirmam que a temperatura no Ártico está aumentando o dobro da média global. Os efeitos dramátios são sentidos diretamente pelas renas, que sofrem para se alimentar durante o inverno rigoroso. De acordo com o Instituto de Recursos Naturais (Luke) da Finlândia, o outono quente e úmido e a antecipação do início do inverno tornam a neve mais dura e dificulta o acesso das renas aos alimentos. Presidente do parlamento indígena alerta para impacto climático Nicolas Magand/GEN Como explica o cientista do instituto Jouko Kumpula, “os criadores de renas têm que se preparar e buscar formas alternativas de alimentos para os animais durante o inverno para evitar as mortes ou...

Read More

Segovia encontra Barroso para esclarecer entrevista sobre Temer

Segovia nega que tenha dito que iria arquivar o inquérito Ueslei Marcelino/Reuters/ 20.11.2017 O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia se encontra nesta segunda-feira (19) com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso para esclarecer alguns pontos da entrevista exclusiva que deu à Reuters, em que disse que a tendência é que as investigações contra o presidente Michel Temer sobre o Decreto dos Portos sejam arquivadas. Na semana passada, a agência de notícias reeditou a matéria. O texto original, publicado na noite de sexta-feira (9), dizia que Segovia tinha afirmado que a tendência era de arquivamento pela PF da investigação envolvendo o presidente Michel Temer sobre o Decreto dos Portos. Na alteração do conteúdo, no domingo (11), a Reuters trocou o verbo “afirmar” por “indicar” ao qualificar as declarações de Segovia. A matéria teve grande repercussão e levou o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luís Roberto Barroso, a intimar Segovia, na manhã de sábado (10), para prestar esclarecimentos. — Tendo em vista que tal conduta, se confirmada, é manifestamente imprópria e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal, determino a intimação do Senhor Diretor da Polícia Federal, delegado Fernando Segovia, para que confirme as declarações que foram publicadas, preste os esclarecimentos que lhe pareçam próprios e se abstenha de novas manifestações a respeito, diz o despacho de Barroso. Também no sábado (10),...

Read More

ANUNCIE AQUI

Fique Informado

Cadastre seu e-mail para para receber do nosso portal notificações de novos materiais.

Participe!

Você está aprovando a administração do prefeito de Mozarlândia nesse 2º Trimestre?

Resultado

Loading ... Loading ...

Recente