Categoria: Notícias

Realidade aumentada: o que é e como utilizar na educação?

Olá! O avanço da tecnologia está acontecendo em velocidade exponencial. Desde os antigos, caros, grandes e pesados celulares até a chegada dos Smartphone muita coisa mudou. No período que intercede essa evolução tecnológica dos telefones celulares, ocorreram também muitas outras transformações. Antigamente a obsolescência da tecnologia tinha uma margem de tempo longa, da televisão preto e branca para nossos televisores coloridos, houve bastante tempo de transição. Porém, depois que a internet passou a fazer parte do nosso cotidiano tudo mudou. No artigo de hoje vamos falar de algo que já está sendo usado em muitos setores. Você se lembra da festa de abertura da copa do mundo, ali foram utilizadas as projeções em 3D para retratar a história de nosso país. Certamente, muitas pessoas ficaram emocionadas e compreenderam melhor, momentos de nossa história, em menor tempo e com mais substância de informações. A passagem de informação através das projeções tridimensionais, vistas na festa de abertura e encerramento das Olimpíadas de 2016, foi otimizada pelo uso da tecnologias de realidade aumentada. Quando utilizada a realidade aumentada a percepção das coisas se torna clara. Não se lê as coisas, não se imagina como poderia ser; mas se vivência. Ao finalizar este artigo você saberá o quão revolucionária é esta tecnologia, como ela funciona efetivamente e os benefícios que ela traz para os setores da educação, ensino e aprendizagem. O que é...

Read More

Câmara encerra sessão e adia votação de MP que altera taxa de juros do BNDES

Após votação que demorou mais de uma hora na madrugada desta quinta-feira (24), o Plenário da Câmara rejeitou os destaques simples dos deputados apresentados ao projeto de lei de conversão da Medida Provisória 777/17, que extingue a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) e cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) para financiamentos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Em seguida, a sessão foi encerrada. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, convocou sessão para as 9 horas desta quinta-feira (24) para continuar a votação da matéria. De acordo com a MP, a TLP será aplicada nos empréstimos a partir de 1º de janeiro de 2018 e terá como base juros de mercado vinculados a um título do Tesouro Nacional (NTN-B) mais a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Atualmente, a TJLP é calculada trimestralmente com base na meta de inflação futura para os 12 meses seguintes e em um prêmio de risco definido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). O texto do relator, deputado Betinho Gomes (PSDB-PE), prevê que os juros que comporão a TLP juntamente com o IPCA terão cálculo pela média dos três meses anteriores. A oposição obstruiu os trabalhos desde o começo, às 20h50 de quarta-feira (23), por ser contra uma taxa de financiamentos de longo prazo vinculada ao mercado de títulos, o que encareceria os...

Read More

Câmara inicia votação para mudar taxa de juros de crédito do BNDES

Deputados discutem aumento dos juros de financiamentos do BNDES Fabio Rodrigues Pozzebom/23.08.2017/Agência Brasil O plenário da Câmara dos Deputados começou no início da madrugada desta quinta-feira (24) a fase de votação da MP (Medida Provisória) 777/17, que altera os juros de financiamentos liberados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) depois de quase 4 horas de obstrução. Foram vários requerimentos e sucessivos discursos com o objetivo de tentar adiar a votação da medida, que, na prática, encarece o valor pago pelos juros do crédito concedido pelo banco público. Hoje, os empréstimos são subsidiados. A MP extingue a TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) e cria a TLP (Taxa de Longo Prazo) para os financiamentos concedidos. A nova taxa será aplicada nos empréstimos a partir de 1º de janeiro de 2018. Deputados contrários à mudança dizem que a medida esvazia a importância do banco e vai diminuir o crédito disponível a custo baixo. Os defensores da medida, por outro lado, dizem que o subsídio custa caro e questionam as políticas de financiamento do BNDES, como a dos “campeões nacionais”, que investiu recursos em grupos econômicos objeto de ações judiciais como a J&F e o grupo do empresário Eike Batista. Crise econômica O líder do PT, deputado Carlos Zarattini (SP), ressaltou que vários empreendimentos construídos nos últimos anos, como a expansão hoteleira da Copa do Mundo e das...

Read More

Como fazer uma introdução de redação nota 1.000?

Olá, leitores A redação do Enem é um dos momentos mais temidos pelos candidatos que vão fazer a prova. Além das dúvidas de gramática e estruturais, existem uma série de fatores que preocupa quem presta o Enem. Fazer uma redação não é fácil, realmente. É preciso entender uma grande diversidade de argumentações e temas diferenciados (já que o tema do Enem é sempre surpresa). Uma das principais dúvidas dos candidatos é em relação a parte estrutural da redação. Introdução, desenvolvimento e conclusão. Cada um desses momentos tem a sua devida importância para o bom resultado final. Mas a introdução ainda tem um peso a mais, afinal é nas primeiras linhas que você prende a atenção do avaliador. Saber como fazer uma introdução é o primeiro passo para se dar bem na redação do Enem. Por mais que o desenvolvimento e a conclusão fiquem excelentes, se a introdução for fraca o avaliador pode perder o interesse. É preciso causar uma primeira boa impressão e você têm apenas algumas linhas para fazer isso, por isso use-as com cuidado. Existem algumas dicas que podem ajudar na hora de elaborar uma introdução nota mil para esta tão importante redação. Confira as dicas. Como fazer uma introdução matadora no Enem A introdução, como o próprio nome já diz, é onde você deve introduzir o tema e o assunto que será abordado pelo seu texto....

Read More

Após impasse, Câmara deve retomar análise da reforma política nesta 4ª

Deputados não entraram em consenso para votar reforma política na terça-feira Fabio Rodrigues Pozzebom/22.08.2017/Agência Brasil Após dois adiamentos, o plenário da Câmara dos Deputados deverá votar o texto-base da reforma política, que cria um fundo eleitoral bilionário e muda a forma de escolha de deputados e vereadores já nas Eleições 2018, nesta quarta-feira (23). Ontem, um impasse sobre a votação fatiada da proposta inviabilizou pela segunda vez a análise da proposta (assista ao vídeo abaixo e entenda). Entre as mudanças que constam na reforma política, está a criação do sistema eleitoral “distritão” para eleição de deputados em 2018 e 2022 e de vereadores em 2020. Neste modelo, a proporcionalidade obtida por partidos e coligações, que costuma “puxar” deputados, desaparece e passa a valer o número de votos que o candidato obteve no seu distrito (Estado) para ser eleito. Quem ganhar mais votos é eleito. Também está prevista a criação do Fundo Especial de Financiamento da Democracia, uma fonte de recursos para bancar as campanhas políticas a partir do ano que vem. A grana viria de um porcentual das receitas correntes líquidas da União (0,5%), o que equivale hoje a cerca de R$ 3,6 bilhões. Fatiamento Ontem, parte dos deputados propôs a votação fatiada da reforma da previdência, a começar pela questão do “distritão” — antes inclusive do texto-base. O líder da minoria, deputado José Guimarães (PT-CE), protestou contra a...

Read More

ANUNCIE AQUI

Fique Informado

Cadastre seu e-mail para para receber do nosso portal notificações de novos materiais.

Participe!

Você está aprovando a administração do prefeito de Mozarlândia nesse 2º Trimestre?

Resultado

Loading ... Loading ...