Categoria: Notícias

Festival da Casa Própria registra quase R$ 40 milhões em vendas

O feirão de imóveis nem começou, mas até a sexta (22) já haviam sido registrados R$ 39 milhões em negociações de vendas de imóveis pelas empresas participantes do Festival da Casa Própria. O evento será realizado entre os próximos dias 3 a 7 de janeiro, das 14h às 22h, no Espaço Cultural, em João Pessoa. “Nossa previsão é que até o último dia do evento esse valor chegue a R$ 110 milhões”, afirmou o presidente do CRECI-PB, Rômulo Soares. As pessoas que adquirirem imóveis junto as trinta e sete empresas participantes do Festival, participarão, ao final, do sorteio de um automóvel Chevrolet Onix Joy 0 Km. Cada R$ 20 mil em compras dá direito a um cupom. Pujança da construção civil Para o Superintendente Regional da Caixa na Paraíba, Marcus Vinícius Neves, o Festival da Casa Própria é uma oportunidade ímpar de a construção civil, sobretudo de  João Pessoa e Região, iniciar o ano com o pé direito, mostrando toda a sua pujança. “Como principal parceira do setor, especificamente o habitacional, a Caixa está junto como parceira desse evento, viabilizando negócios através de linhas de financiamento e consórcio, dentre outras oportunidades para todos os clientes que visitarem o Festival” destacou. Empresas participantes As empresas imobiliárias e construtoras participantes do Festival da Casa Própria são a Alliance Empreendimentos Imobiliários, TWS Empreendimentos, Sólida Imóveis, Vertical Engenharia, GPM Incorporações, Construsul, Araújo Empreendimentos...

Read More

Lei traz novas regras para compra de produtos pela internet

As novas regras sobre o comércio eletrônico foram incluídas na Lei 10.962, de 2004 Arquivo/Agência Brasil Já está em vigor a Lei 13.543, que traz novas exigências para a disponibilização de informações sobre produtos em sites de comércio eletrônico,. Pela norma, sancionada na semana passada pelo presidente Michel Temer, o preço dos produtos postos à venda nos sites têm de ser colocados à vista, de maneira ostensiva, junto à imagem dos artigos ou descrição dos serviços. Segundo a lei, as fontes devem ser legíveis e não inferiores ao tamanho 12. A norma inclui essas exigências relativas às vendas online na Lei 10.962, de 2004, que disciplina as formas de afixação de preço de comerciantes e prestadores de serviços. Entre as obrigações gerais de empresas estão a cobrança de valor menor, se houver anúncio de dois preços diferentes, e a necessidade de informar de maneira clara ao consumidor eventuais descontos. A Lei é um detalhamento do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078, de 1990), que também versa sobre requisitos a serem seguidos pelos vendedores, como a disponibilização de informações corretas e claras quanto aos produtos, incluindo preço e características. Benefícios O Ministério da Justiça argumenta que a lei será um importante instrumento para facilitar a busca de informações pelos consumidores nesse tipo de comércio. “Hoje em dia temos dificuldades de conseguir essas informações porque há produtos em sites ou...

Read More

ANUNCIE AQUI

Fique Informado

Cadastre seu e-mail para para receber do nosso portal notificações de novos materiais.

Participe!

Você está aprovando a administração do prefeito de Mozarlândia nesse 2º Trimestre?

Resultado

Loading ... Loading ...