iG São Paulo

Após serem baleados no meio da rua, pai e filho foram levados a hospital; a criança sobreviveu, mas o homem faleceu; tiros foram disparados de carro

Tiros teriam sido dados por criminosos que passaram de carro, na Rua União, no bairro Nova Cidade, em São Gonçalo

Foto: São Gonçalo favela rio de janeiro

Um ataque a tiros deixou três homens mortos e uma criança ferida em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, na noite desta segunda-feira (20).

Leia também: Forças Armadas planejam sair da Vila Kennedy nas próximas semanas

De acordo com testemunhas ouvidas pela Polícia Militar, os tiros teriam sido disparados por criminosos que passaram de carro, na Rua União, no bairro Nova Cidade. O ataque em São Gonçalo aconteceu perto das 21h.

Ainda segundo a polícia, quando os agentes chegaram ao local, dois homens já foram encontrados mortos. Além deles, uma criança e outro homem, que seria o pai dela, estavam feridos. Os atiradores tinham fugido.

O homem e o menino que estavam baleados, mas com vida, foram levados para o hospital. Porém, o adulto não resistiu aos ferimentos e morreu. A criança, passou por uma cirurgia, está internada no Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, e tem estado de saúde considerado estável.

Suspeita de mortes por tráfico

Algumas testemunhas relataram que as mortes ocorridas na noite desta segunda-feira tiveram relação com um esquema de tráfico de drogas.

Leia também: Delegado descarta envolvimento de dono de veículo na morte de Marielle Franco

A Polícia Civil não confirmou as informações, mas há denúncias de que um jovem foi abordado pelos criminosos que queriam drogas. Em seguida, os homens teriam mandado os moradores entrarem e efetuaram diversos disparos contra a vítima, que morreu na calçada.

Como consequência do ataque, um senhor de 54 anos morreu na varanda de uma casa próximo ao ataque. A polícia ainda não sabe se ele foi atingido ali ou se correu depois de ser baleado.

Além dos dois adultos, o pai e seu filho foram baleados enquanto passavam pela rua no momento do tiroteio. O crime da noite desta segunda-feira está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.

Leia também: Intenso tiroteio na Rocinha fecha Autoestrada Lagoa-Barra no Rio de Janeiro

* Com informações da Agência Brasil.

Fonte: Portal Último Segundo